segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Mar repleto

Na Avenida Paulista
Sou um passo entre milhares de passos
A cruzar semáforos e ruas
Em meio a tantos rostos
Desinteressados em minha fisionomia
Acampo em meu olhar
Algumas faces
Sou anônima presença
Em um mar repleto de estranhos

domingo, 14 de junho de 2015

poema de um desenganado


o homem que ama
está propenso a ser doente
não há pestilência no mundo
que atesta mais óbito do que o amor
nenhum gigantesco desastre natural
tem tamanho sarcasmo e ousadia
de deixar os enfermos num ambivalente estágio
de decrepitude e contentamento


Jean Narciso Bispo Moura

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

INCLEMENTE

Um dia cercado com os dentes tornados miúdos, indivisos, expostos em página fotográfica. Outros inexistentes dias: um dia sucessor do outro dia, um dia antropófago, cafetão da usura do impropério, da sacanagem de quem ama de luvas sem beijar na boca. Um dia que acossa, que rosna pragueja o “I have a dream“ e morde com dentes brandos o dia "E" que de tão inclemente e inexorável nos sabota antes de conhecermos o V. do outro dia. (Jean Narciso Bispo Moura)

Inclemente

Um dia cercado com os dentes Tornando-o miúdos indivisos, Expondo numa página fotográfica, Outros inexistentes dias Um dia sucessor do outro dia Um dia antropófago Cafetão da usura Do impropério Da sacanagem De quem ama de luvas Sem beijar na boca Um dia que acossa Que rosna pragueja o “I have dream“ Mordendo com dentes brandos o dia E. Que de tão inclemente e inexorável nos sabota Sem conhecermos o V. do outro dia. Jean Narciso Bispo Moura

domingo, 20 de maio de 2012

Memórias secas de um aqualouco e outros poemas

Jean Narciso Bispo Moura, poeta, autor de quatro livros, sendo o mais recente livro " Memórias secas de um aqualouco e outros poemas", Grupo Editorial Beco dos Poetas. http://revistablecaute.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2012/04/BLECAUTE_Uma-Revista-de-Literatura-e-Artes_N11_Boa-Leitura.pdf
Jean Narciso Bispo Moura, poeta, autor de quatro livros, sendo o mais recente livro " Memórias secas de um aqualouco e outros poemas", Grupo Editorial Beco dos Poetas. http://revistablecaute.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2012/04/BLECAUTE_Uma-Revista-de-Literatura-e-Artes_N11_Boa-Leitura.pdf

domingo, 22 de janeiro de 2012

Pavor e pseudo arremedo

Arremedo com pavor o poeta que xinga a mãe dos outros sem motivo delito inútil só para usurpar do ouvido público dos transeuntes poeta federal que não atende cartas não aferi e-mail dos que não têm a marca d´àgua da chancelaria e dos padrinhos da palavra Jean Narciso Bispo Moura - Autor de 4 livros de poemas, publica desde 2002, o seu trabalho mais recente é "Memórias secas de um aqualouco e outros poemas"(2011) Editora Beco dos Poetas.